07/05/2019 às 09:55

​Novo tipo de empresa ajudará comerciantes a conseguir empréstimos

O empréstimo de recursos já é uma prática comum, mas, agora também é regulamentada. Sancionada em abril, a lei que cria a Empresa Simples de Crédito (ESC) permite, na prática, a abertura de uma empresa com intuito de realizar empréstimos para pequenos negócios por qualquer pessoa física.

Apesar do nome, essas empresas terão regime tributário de empresa convencional, pelo lucro real ou presumido, não podendo, portanto, enquadrar-se no Simples, que é o regime aplicado exclusivamente às micro e pequenas empresas.

O governo estima que a criação da ESC pode injetar R$ 20 bilhões, por ano, em novos recursos para os pequenos negócios no Brasil. Isso representa crescimento de 10% no mercado de concessão de crédito para as micro e pequenas empresas, que, em 2018, alcançou o montante de R$ 208 bilhões. De acordo com estimativa do Serviço Brasileiro de Apoio à Micro e Pequena Empresa (Sebrae), esse resultado deve ser alcançado no momento em que as primeiras mil empresas simples de crédito entrarem em atividade.

Saiba mais sobre essa nova lei: http://agenciabrasil.ebc.com.br/economia/noticia/2019-04/bolsonaro-sanciona-lei-de-criacao-da-empresa-simples-de-credito

 

(Ascom Fecomércio Tocantins, com informações da Agência Brasil)